Doces

Brigadeiros

 
A receita dos brigadeiros é simples e não é original da minha autoria. Se já os fiz de outros sabores, limão, Nutella, estes são os clássicos brigadeiros. Ainda assim não lhes resisto e são um doce perfeito para qualquer festa. Partindo desta base é só dar cordas à imaginação e inovar…😉

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado

  • 1 colher de sopa de manteiga

  • 1 colher de chá de aroma de baunilha

  • 3 colheres de sopa de cacau crú

  • Toppings variados ou apenas de chocolate, como preferir

Num tacho, leve a lume brando todos os ingredientes. Vá sempre mexendo de preferência com uma colher de silicone que impede que o creme cole no fundo. 

Após começar a ferver, espere uns 30 segundos (ou mais consoante a sua preferência), apague o lume e deixe esfriar durante umas horas (pode colocar no frigorífico para acelerar o processo).

Quando a massa estiver fria vá fazendo bolinhas com pequenas quantidades, tendo as mão besuntadas sempre com manteiga para não pegar. Tenha uma ou mais taças com toppings que quiser: chocolate, bolinhas coloridas, etc. Cada bolinha que fizer com a massa, passe depois por um dos toppings e envolva bem. Sirva dentro de uma forma específica para o efeito.

Anúncios

Doce gelado rápido de morango e leite condensado

20140323-121105.jpgIngredientes

– 900gr de morangos já lavados e sem pé
– 4 morangos médios para decoração
– 1 lata de leite condensado

Versão com Bimby

Deite os morangos no copo e triture durante 30seg/vel 9. Junte o leite condensado aos morangos triturados e envolva 60seg/vel 3.

Deite o preparado numa taça e ponha no congelador durante cerca de 1h, no caso de querer um doce frio, ou então durante várias horas para que fique gelado. A minha preferida é o doce frio. Quando o doce já estiver consistente decore com os morangos que deixou de parte.

Versão tradicional

Deite os morangos no liquidificador e triture. Junte o leite condensado e envolva numa velocidade baixa durante cerca de 1 minuto.

Deite o preparado numa taça e ponha no congelador durante cerca de 1h, no caso de querer um doce frio, ou então durante várias horas para que fique gelado. A minha preferida é o doce frio. Quando o doce já estiver consistente decore com os morangos que deixou de parte.

Doce de pêra e canela

20131219-142140.jpgIngredientes (3/4) frascos)

– 600 gr de pêras rocha maduras descascadas
– 400 gr de açúcar
– sumo de meio limão
– 1 pau de canela

Versão com Bimby

Coloque no copo da Bimby as pêras, o açucar e o sumo de limão 30 min/ 100 graus/ vel 1.

Quando terminar deite para dentro do copo o pau de canela e com a espátula raspe bem os lados. Faça 10 min/ temp varoma/ vel 1.

No final espere que deixe de borbulhar, abra o copo e retire um pouco da água/molho em excesso. Retire também o pau de canela. O restante desfaça fazendo 1,5 min/ vel 6 (de forma gradual). Se preferir que o doce fique com pedaços reduza este tempo para o que preferir.

Em seguida distribua o doce pelos frascos, tape e vire de cabeça para baixo para evitar que faça vácuo.

Doce de Pêra “ao Porto”

Ingredientes

– 0,5 kg de Pêras
– 350 gr de açucar
– 100 ml de água
– 2 colheres de sopa de Vinho do Porto
– 1 pau de canela
– 2 cascas de limão (apenas a parte amarela)

Lave, corte e retire a pele e caroço às pêras.

Num tacho junte as pêras cortadas com os restantes ingredientes. Leve a lume brando até que que faça ponto de estrada (quando passa uma colher a raspar o fundo do tacho fica como que aberto um caminho, uma estrada). Pode demorar cerca de 1h30 ou mais.

Quando estiver pronto, pode usar o passador para que o doce fique estilo creme ou deixar como está. Em seguida, distribua por frasquinhos e deixe-os arrefecer antes de tapar.

Eu, como gosto dos doces assim mais para o cozido, quase a fazer caramelo, deixo sempre ficar ao lume mais um pouco, após atingir o ponto de estrada. Mas basta que vejam que está a começar a fazer ponto de estrada que o doce já está bom.

 

Doce de abóbora e um travo a laranja

Este é o doce que eu mais adoro nesta vida! Desde pequena que só comia o que a minha Avó fazia e desde aí nunca mais provei outro que fosse tão bom como o dela. Quando uma amiga me ofereceu esta abóbora, não pensei duas vezes… Dei-lhe um toque pessoal e juntei-lhe umas raspas de laranja. Não reinventei a roda…mas lá que ficou docinha, ficou 🙂

Doce de abóbora e um travo a laranjaIngredientes
(dá para dois potes de doce)

– 740 gr de abóbora
– 370 gr de açucar
– raspas da casca de 1 laranja

Lave, limpe e corte a abóbora em quadrados. Junte num tacho a abóbora e o açucar e leve a ferver.

Após levantar fervura, junte as raspas da laranja e deixe tudo a cozinhar em lume brando até que a abóbora quase se desfaça sozinha. Com estas quantidades demorou quase 2h.

Retire do lume quando, ao passar uma colher pelo fundo do tacho faça ponto de estrada. Desfaça a abóbora grosseiramente com um garfo (para quem prefere o doce sem grumos, então pode desfazer tudo com a varinha mágica) e coloque em potes. Deixe o doce arrefecer e apenas feche os potes quando já não estiver quente.