Omeletes

Omelete fingida com queijo feta e manjericão fresco

 

Não sei quanto a vocês, mas eu sou muito esquisita para comer ovos. Como explicar isto da melhor forma….basicamente eu não gosto do sabor do ovo, não gosto de ovos mexidos e omeletes que saibam exclusivamente a ovo. Enjoa-me. Mas o esquisito da coisa é que acrescentando ingredientes que eu gosto, mudo totalmente a forma de encarar aquele prato e já adoro o que estou a comer. Faz sentido?! Pois, admito que não…mas face a esta minha esquisitisse farto-me de inventar formas de comer omeletes, ovos mexidos e afins. 🙂

O que também gosto neste tipo de pratos é que são fantásticos para alturas em que temos mesmo pouco tempo para estar na cozinha ou pura e simplesmente não nos apetece mesmo fazer nada mais elaborado.

Ingredientes
(para 2 pessoas)

– 4 ovos médios (2 ovos por pessoa)
– 1/2 embalagem de queijo feta
– Tomilho
– Folhas de manjericão fresco
– 3 rodelas finas de cebola
– Sal fino qb
– Pimenta qb
– Azeite qb

Bata bem os ovos até que fique uma mistura homogénea. Reserve.

Pique as rodelas de cebola e ponha-as a alourar com um pouco de azeite numa frigideira.

Enquanto isto, acrescente aos ovos sal, pimenta, uma boa dose de tomilho e quadradinhos pequeno de queijo feta. Misture bem e reserve.

Quando a cebola estiver já lourinha, espalhe bem pela frigideira toda e por cima espalhe umas folhas de manjericão fresco. Em cima deite a mistura dos ovos e não mexa. Deixe cozinhar tal como ficar.

Se tiver uma espátula anti-aderente, quando vir que a omelete está a ficar firme na parte de baixo, vá passando a espátula pelos lados para se certificar de que está bem soltinha.

Quando achas que os ovos na parte de cima estão a seu gosto, apague o lume e sirva de imediato.

 

 

 

 

Omelete de alho francês, beringela e sementes de girassol

Mais um dia daqueles em que se chega a casa quase em cima da hora do jantar e ainda com a criançada para dar banho e tratar. O que significa que, ou comemos as primeiras porcarias que nos aparecerem no armário, ou tratamos de conseguir, em pouco tempo, o malabarismo de fazer uma refeição saudável. O frigorífico ainda não está reposto depois de uma semana de férias e as alternativas não são assim tantas. E foi isto que consegui ontem… 🙂

Ingredientes
(para 2 pessoas)

– 2 ovos por pessoa
– 1 beringela pequena
– meio alho francês
– meia cebola
– 1 dente de alho
– Sementes de girassol qb
– Cebolinho
– Queijo emental desfiado (usei daquele que normalmente se utiliza para gratinar)
– Azeite qb
– Sal qb
– Vinho branco qb

Corte a beringela e o alho francês em bocados pequenos e reserve.

Pique o alho e a cebola muito pequeninos, coloque dentro de um tacho com azeite e deixe alourar um pouco. Junte os legumes ao refogado, adicione um pouco de vinho branco e água. Adicione um pouco de sal, cebolinho e sementes de girassol. Mexa bem, tape o tacho e deixe cozinhar. De vez em quando vá vendo se é necessário adicionar mais um pouco de água, até que os legumes estejam todos cozinhados.

À parte, numa tigela redonda, abra os ovos e mexa-os bem, juntando um pouco de sal fino se preferir.

Numa frigideira larga deite os ovos e espere que cozinhem sem mexer. Quando vir que já tem uma base relativamente sólida, deite por cima os legumes e junte ainda um pouco de queijo emental.

Com uma espáculta anti-aderente comece a fechar a omelete, primeiro num dos lados e em seguida do outro. Se conseguir, vire para baixo e deite ainda um pouco de queijo emental por cima. Deixe aquecer uns segundos e quando vir que o queijo esta a começar a derreter apague o lume e sirva de imediato.

Omelete de atum com tomate e curgete

Ingredientes

– Ovos (2 ovos por pessoa)
– Atum (meia lata de atum por pessoa)
– Tomate (meio tomate médio por pessoa)
– Curgete (1/3 de uma curgete média por pessoa)
– 1/2 cebola
– Alhos (1 dente de alho por pessoa)
– Tomilho
– 1 fatia de queijo flamengo
– Azeite

Preparar todos os ingredientes antes de começar.

Desfiar o atum e reservar. Cortar o tomate aos quadradinhos e reservar. Lavar muito bem a curgete e cortá-la às fatias muito fininhas, reservar.

Cortar a cebola aos quadradinhos e picar o alho. Cortar a fatia de queijo em bocadinhos pequenos. Deitar os ovos num recipiente e mexe-los muito bem, reservar.

Numa frigideira, deitar um pouco de azeite e refogar a cebola, o alho e o tomate. Após 1 minuto deitar a curgete em cima do refogado, espalhar na frigideira (colocar um pouquinho de água se achar necessário) e tapar a frigideira de modo a que a curgete cozinhe com o vapor.

Assim que a curgete estiver cozinhada, deitar o atum e o queijo em cima do preparado. Mexer um pouco e deixar que os sabores se misturem. Retirar e reservar.

Na mesma frigideira deite os ovos mexidos e espere que estejam quase cozinhados sem mexer. Enquanto espera, espalhe um pouco de tomilho em cima dos ovos.

Quando vir que falta pouco para estarem quase prontos, deite o preparado com o atum e a curgete no centro da frigideira. Com duas espátulas largas comece a enrolar a omelete, virando-a um pouco para cada lado de modo a ficar totalmente cozinhada. Sirva em seguida e espalhe um pouco de tomilho por cima da omelete.

Sugestão de acompanhamento:

– Salada de alface com vinagre balsâmico