Pequeno-almoço e lanches

Ovos estrelados com pasta de abacate

Ora bem, este foi o meu jantar, faço muitas vezes até. Mas na verdade pode perfeitamente ser um pequeno almoço bom e nutritivo. Os ingredientes estão à vista, com exceção da pasta de abacate que vou explicar aqui como faço e como é tão simples. Os ovos uso sempre biológicos, faz toda a diferença. O presunto tento comprar o que tiver menos aditivos possíveis.

O abacate não é uma fruta fácil de se gostar. Eu pelo menos não gosto se não o temperar com alguma coisa. Como bastante abacate ao pequeno almoço, ao jantar e em sumos ou batidos. Temos um mundo de possibilidades, eu gosto mais de comer abacate com canela, temperado da forma como fiz esta pasta e misturado com banana….uma maravilha! Vamos então à receita dos temperos.

Ingredientes da pasta de abacate (para 1 pessoa)

  • meio abacate maduro
  • sumo de limão
  • um fio de azeite
  • sal fino qb
  • óregãos qb
  • pimenta qb

Esmagar o abacate com um garfo. Se ele estiver no ponto esta tarefa será fácil. Depois temperar com sumo de limão a gosto (eu gosto de muito!), sal, óregãos e pimenta….faço tudo a olho, não consigo dar quantidades certas. O ideal é ir testando o que está mais a seu gosto. Misturar tudo com um garfo e no final deitar um fio de azeite.

A forma como comemos o abacate pode ir variando. Hoje fiz a pasta, mas faço muitas vezes o abacate cortado aos quadradinhos e misturado com outros ingredientes que dá uma bela salada.

Panquecas de cacaú e mel (sem glúten, sem açúcar)

Esta receita serve todos os gostos. Os gulosos e os preocupados com a linha. Tenho andado a fazer algumas mudanças na minha alimentação, maioritariamente porque há alguns ingredientes que não me faziam sentir bem. Embora eu seja apologista da máxima “nem nunca, nem para sempre”, esforço-me por comer pouco açúcar (e quem me conhece bem sabe o quão gulosa eu sou!!), evitar alimentos com farinha de trigo (fico super super inchada na barriga) e conduzir as refeições ao que de melhor a natureza nos oferece, plantas e carne, vegetais e peixe. 😀 Por isso hoje trago-vos umas panquecas super saborosas e que podemos comer sem sentimento de culpa. Existem várias versões desta receita espalhadas pela internet, não a inventei na sua essência, mas ajustei-a ao meu gosto.

Ingredientes 

  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de Polvilho Doce
  • 2 colheres de sopa de farinha de amendoa
  • 1 colher de sopa de cacau
  • 1 pouco de leite vegetal (ou 1 colher de sopa de iogurte grego ou queijo quark)
  • Óleo de côco (para untar a frigideira)

Junte todos os ingredientes numa taça, mexa bem. Leve ao lume uma frigideira com uma noz de óleo de côco e em seguida deite uma porção da massa. Tape com uma tampa e aguarde uns segundos. Quando vir que pode virar a panqueca, vire e deixe mais uns segundos. Repita as vezes necessárias enquanto tiver massa e vá juntando as panquecas num prato. Sempre que achar necessário ponha mais uma noz de óleo de côco na frigideira.

Esta quantidade dá para 2 panquecas grandes ou 4/5 se usar uma frigideira de ovos estrelados. Ainda assim as quantidades podem ir sendo geridas consoante goste das panquecas mais altas e fofas ou mais fininhas.

Depois das panquecas todas cozinhadas pode barrar com um fio de mel e acompanhar com frutos silvestres, que faz um contraste de sabor fabuloso.

(receita sem glúten, low carb e sem açúcar)

Panquecas de banana e canela

Ingredientes (8/10 unidades)

  • 2 ovos

  • 1 banana muito madura (o mais madura possível)

  • 1 colher de sopa de farinha de amendoa

  • 1 colher de sopa de leite de amendoa (ou outro qualquer a gosto)

  • 1 pitada de canela

  • óleo de coco para cozinhar (ou outra gordura de preferência)

Esmagar bem a banana com um garfo. Reservar.

Bater bem os ovos. Juntar a banana esmagada e os restantes ingredientes, excepto o óleo de coco. Envolver bem. 

Numa frigideira colocar um pouco de óleo de coco e em seguinda ir deitando porções da mistura para fazer as panquecas. Quando a panqueca estiver cozinhada dos lados pode vira-la. 

Deitar uma pequena noz de óleo de coco por cada panqueca que for fazer. 

Servir com mel ou maple syrop e fruta a gosto. Pode ser um excelente pequeno almoço ou lanche.

Torradas de batata doce com ovo

Um snack, um bom pequeno almoço, um lanche ou um jantar light!!! É o que quiserem!! É tão simples e descomplicado. 🙂

Ingredientes

  • Batata doce (biológica de preferência)
  • 1 ovo ou mais consoante o que apetecer
  • Pimenta
  • 1 colher de café de óleo de coco (ou azeite, para estrelar os ovos)

Lave bem e corte a batata doce ao comprido ou em rodelas, com uma grossura de cerca de 5 mm. Ponha a torrar na torradeira, quando saltar, coloque uma segunda vez. Ao fim deste tempo já as fatias estão cozinhadas.

Numa frigideira, coloque o óleo de coco (para quem não tem ou não gosta pode utilizar azeite virgem extra) e aqueça até derreter e conseguir barrar todo o fundo. Depois deite o ovo, ou os ovos, e estrele. Enquanto os ovos cozinham tempere com pimenta.

Quando os ovos estiverem prontos é só colocar em cima das torradas de batata doce e servir de imediato.

Torradas de batata doce com abacate e creme de queijo

Uma forma super saudável de fazer uma refeição! Só precisa de ter uma batata doce (ou mais, no caso de irem fazer torradas para mais que 1 pessoa), uma torradeira e os acompanhamentos que mais gostar para colocar como topping. Em 5 minutos tem uma refeição pronta a comer!

Eu fiz desta vez as torradas com 2 toppings diferentes. Uma com abacate e outra com cream cheese – creme de queijo.

Ingredientes

  • 1 batata doce
  • meio abacate maduro
  • sumo de limão (usei apenas um pouco, mas pode adicionar a gosto)
  • sal fino qb
  • orégãos qb
  • framboesas qb
  • creme de queijo vegan (na verdade pode ser o creme que mais gostar, nem sequer necessita de ser vegan)
  • alecrim qb
  • sementes de abóbora qb

Corte a batata doce ao comprido, ou em rodelas, com uma grossura de cerca de 0,5 cm. Ponha a torrar na torradeira, quando saltar coloque uma segunda vez. Ao fim deste tempo já as fatias deverão estar cozinhadas. Se forem mais grossas poderão precisar de mais tempo na torradeira.

Agora é só barrar com o que quiser. Neste caso temos:

Abacate
Esmagar o abacate, misturar um pouco de sumo de limão e sal fino. Barrar em cima da torrada. Espalhe por cima óregãos a gosto e as framboesas que quiser.

Cream cheese
Barre o creme de queijo em cima da torrada de batata doce, numa quantidade a gosto. Adicione alecrim e as sementes de abóbora. Aqui também pode juntar alguma fruta que goste ou comer assim mesmo.

Mais sugestões de toppings: manteiga de amendoim ou de caju com rodelas de banana e canela; doce de morango; patê de atum; mirtilos; sementes de girassol etc…