Espargos

Tagliatelle com cogumelos, espargos verdes e pinhão

Ingredientes
(para 2 pessoas)

– 1 embalagem de espargos verdes
– Tagliatelle
– 200 gr de cogumelos brancos
– Meio limão
– Meia cebola
– 3 dentes de alho
– Pinhões
– Azeite
– Sal qb
– Manjericão fresco

Pique a cebola. Lamine os alhos e os cogumelos todos.

Num tacho à parte ferva água e ponha o tagliatelle a cozer durante 10 minutos (Quando terminar retire imediatamente da água e deite um pouco de azeite, misturando bem. Reserve.).

Numa frigideira grande deite algum azeite (mais do que o normalmente utilizado uma vez que vai cozinhar os cogumelos), junte a cebola e os alhos e deixe alourar.

Junte os cogumelos, sal a gosto e deixe cozinhar. Junte um pouco de água para que o refogado não queime.

Quando os cogumelos estiverem quase cozinhados adicione os espargos cortados em pedaços pequenos, o sumo do meio limão e os pinhões. Mexa bem, deixe mais 1 ou 2 minutos no lume e retire.

Junte este preparado ao tagliatelle que já deve estar totamente cozido e misture bem.  Coloque algumas folhas de manjericão fresco por cima, já em cada um dos pratos, quando servir.

Anúncios

Medalhões de Maruca com espargos verdes e gengibre

Ingredientes
(para 3 pessoas)

– 5/6 medalhões de Maruca
– 1 frasco de espargos verdes já cozidos
– 1 cebola pequena (ou meia cebola média)
– 1 dente de alho
– Azeite qb
– Flor de sal com pólen de abelhas da Casa do Sal
– Vinho branco (apenas um pouco)
– Pimentão doce qb
– Gengibre em pó qb

Corte a cebola em meias luas, lamine o alho e espalhe no fundo de uma travessa. Em cima coloque os medalhões de Maruca.

Acenda o forno a 175º.

Deite a toda a volta um pouco de azeite e vinho branco. Acrescente sal.

Deite em cima de cada um dos medalhões um pouco de pimentão doce e acrescente umas pitadas de gengibre em pó.

Abra o frasco de espargo, escorra bem e espalhe-os à volta e no meio do peixe.

Leve ao forno cerca de 1h. Vá regando com o próprio molho de vez em quando.

Sugestão: Sirva com arroz aromatizado com alecrim.

 

 

Tarte de espargos verdes com mozzarella

O motivo de ter feito esta tarte confere-lhe logo à partida uma importância fora do normal. Foi acompanhamento do jogo da Seleção portuguesa contra a Holanda. E não é que correu bem??? 🙂 Passámos aos quartos de final do Euro 2012 e a tarte desapareceu num ápice!

Ingredientes

– 1 base de massa quebrada
– 1 embalagem de espargos verdes já cozidos
– 1 embalagem de mozzarella
– 1 pacote de natas
– 4 ovos
– 1 cebola
– 1 dentes de alho
– um pouco de leite
– Sal fino qb
– Azeite qb
– Noz moscada qb
– Tomilho qb

Pique o alho e a cebola, coloque numa frigideira e refogue com um pouco de azeite. Junte os espargos (caso tenha os espargos crús, recorde-se que deve cozê-los antes de iniciar este processo), refogue um pouco e apague o lume. Reserve.

Ligue o forno a 175º.

Abra a massa e estenda na tarteira. Pique o fundo com um garfo. Algumas massas necessitam de ir previamente ao forno, durante 5 minutos. Deve verificar isso nas instruções do pacote. Leve ao forno durante este tempo, caso seja necessário.

Numa tigela bata os 4 ovos, junte as natas, um pouco de leite e bata tudo. Deite sal a gosto, noz moscada, tomilho e um pouco de pimenta. Volte a mexer o preparado, apenas para envolver todos os ingredientes. Reserve.

Retire a tarteira do forno e espalhe por toda a base os espargos com a cebola. Em seguida, corte a mozzarella em bocados pequenos e espallhe por cima dos espargos. Por fim, deite o preparado das natas e leve ao forno durante cerca de 1h. Nos últimos 5 minutos dê-lhe um pouco de grill para ganhar cor.

Vá dando uma olhadela na tarte, pois o tempo de cozedura varia bastante consoante o modelo de forno. Eu gosto das tartes muito bem cozidas e já tostadas nas bordas, pelo que deixo sempre ficar mais um pouco no forno 🙂